Oficial Comunitário

A Administração Nacional das Áreas de Conservação (ANAC) procura um especialistaem desenvolvimento comunitário altamente qualificado para a função de Oficial Comunitário a tempo inteiro e também prestar apoio na implementação do programa de reassentamento no Parque Nacional do Limpopo (PNL).

O objectivo principal do Oficial Comunitário é prestar apoio a ANAC nas acções de desenvolvimento comunitário em todas as áreas de conservação (ACs) e suas zonas tampão, Coutadas, Áreas de Gestão Comunitária e Fazendas do Bravio, bem como garantir o fluxo de informação à ANAC e outras entidades governamentais, parceiros de cooperação e intervenientes-chaves acerca do processo de reassentamento no PNL.

Requisitos:

  • Pelo menos (5) anos de experiência em reassentamento e programas comunitários, incluindo experiência com programas financiados por doadores;
  • Experiência em liderança de projectos, pesquisa, monitoria e avaliação, gestão de recursos naturais baseada na comunidade, educação ambiental etc;
  • Grau de Licenciatura em Desenvolvimento Comununitário, Gestão Ambiental, Administração Pública e áreas afins, preferivelmente em matérias relevantes ao desenvolvimento comunitário e gestão de recursos naturais baseada na comunidade.

Habilidades, Qualificações e Experiências Opcionais e Desejáveis:

  • Conhecimento das ACs de Moçambique;
  • Eficiente e orientado para resultados;
  • Líder e membro excelente de equipas;
  • Capacidade de trabalhar num ambiente que inclui deslocações para áreas remotas e trabalhar sob elevada pressão e exigência, com prazos rigorosos;
  • Conhecimento profundo de políticas e estratégias de conservação, reassentamento, turismo e desenvolvimento comunitário;
  • Fortes habilidades de relacionamento interpessoal;
  • Liderança colaborativa e motivacional com enfoque em metas organizacionais.
  • Excelentes habilidades de comunicação (oral e escrita) em Português e Inglês;
  • Excelentes habilidades de negociação, intermediação e colaboração;

Os candidatos interessados e com o perfil exigido são convidados a submeter as suas candidaturas, as quais devem consistir nos seguintes documentos:

  • Carta de candidatura, indicando a sua potencialidade para preencher o posto, dirigida ao Director da ML;
  • Fotocópia do Bilhete de Identidade;
  • Curriculum Vitae com indicação de 3 referências profissionais;
  • Cópias autenticadas dos diplomas ou certificados dos graus académicos.

As candidaturas deverão ser submetidas até às 14:00 horas do dia 28 de Fevereiro de 2020 através do endereço eletrônico abaixo indicado. Apenas candidatos pré-seleccionados serão contactados.

As candidaturas devem estar claramente identificadas com a referência ao Posto a que se pretende candidatar.

Endereço: ml@mlconsultoria.net

Descarregar os TdRs aqui.